Facilitador e Instrutor. Palestrante, se preciso for…

Posts marcados ‘habilidades’

Petrobras – Técnicas de Negociação

Projeto: Curso Técnicas de Negociação

Cliente: Petrobras – UO-BC/RH/DRH e TIC/INFRA-TIC/TIC-BC

Objetivos do Projeto: Capacitar os profissionais que, por força do seu trabalho, necessitam negociar com clientes internos e externos, apresentando os fundamentos do processo de negociação, visando o desenvolvimento de conhecimentos e habilidades que possibilitem:

  • A obtenção de acordos que contemplem os objetivos desejados.
  • Identificação do próprio estilo de negociação e do grau de flexibilidade.
  • Melhor aproveitamento das oportunidades.
  • Maior desenvoltura e flexibilidade nas negociações.
  • Otimização da postura no processo de negociação.
  • Maior confiança no relacionamento com a outra parte.
  • Melhor qualidade nos resultados e maior capacidade para solucionar conflitos.

Desafio: Capacitar de forma lúdica e agradável os participantes a negociarem com públicos de diferentes perfis, de forma eficaz.

Metodologia Aplicada:

  • Aprendizagem vivenciada a partir de casos e jogos de negócio compatíveis com a realidade da Empresa.
  • Identificação do perfil do participante como negociador forças e fraquezas.
  • Identificação do grau de flexibilidade do participante como negociador.
  • Foco em resultados para a realidade especifica da Empresa.

Resultados: Avaliado com o conceito “EXCELENTE” pela Petrobras.

Produtos do Projeto: Curso com 16 h de duração, incluindo um business game.

Participantes: Foram treinados 330 funcionários em 17 turmas, durante 3 anos consecutivos.

Petrobras - Técnicas de Negociação Petrobras - Técnicas de Negociação Petrobras - Técnicas de Negociação

Sabe o Workshop Mercado Comum, aplicado na Petrobras e no Bob´s (com o nome MercoBob´s)? Nasceu aqui…

Gerenciamento das Habilidades de TI, das Pessoas e o Treinamento Online

Por Elisabeth Maria Mosele

Na implantação de qualquer tecnologia é necessário prestar a devida atenção ao treinamento que será fornecido ao usuário. Muitos empresários tendem a economizar nas horas de treinamento em decorrência dos custos. Entretanto, acaba gerando um novo problema …

Bem, quando o usuário de TI está capacitado ele tem domínio de três tipos de conhecimento: a) o que fazem e como funcionam os produtos e serviços de TI; b) saber quando e porque utilizá-los; c) como utilizá-los para atingir a eficácia tanto pessoal como da organização. A maioria se detém na primeira meta (a), acreditando que se tem conhecimento de como funciona tudo estará resolvido. Infelizmente, a TI não faz milagres. Por outro lado, o custo do treinamento começa a se tornar oneroso em decorrência das alternativas (b) e (c). Elas representam mais horas de treinamento e agregado ao valor do projeto, que normalmente contempla hardware e softwares, o desenvolvimento de todo o contexto deixa de ser atendido, porque o principal, para a maioria dos empresários, é que seus colaboradores tenham pleno domínio da licença do software adquirido.

Frequentemente, pensa-se que as pessoas podem aprender e aprendem o seu trabalho a partir das tecnologias de informação projetadas para apoiá-lo. Evidências sugerem que os gestores não deveriam seguir esse caminho. Raramente as pessoas aprendem muito sobre o que elas não têm domínio, a menos que a tecnologia tenha sido conscientemente projetada como ferramenta de aprendizagem.

Entretanto, é importante mencionar que as pessoas devem ter um tutorial sobre o uso do ambiente virtual de aprendizagem ou elas irão encontrar outra barreira a ser vencida. Nem todas as pessoas irão atingir o objetivo traçado. Por isso, é fundamental que exista um treinamento prévio sobre o uso da tecnologia que envolve o ambiente virtual de aprendizagem (AVA). A sugestão que se faz aqui é que esse treinamento seja implementado também por meio do uso de mídias digitais. Assim, na rotatividade de pessoal dentro das empresas não impedirá de novos colaboradores terem acesso aos três tipos de conhecimento. Dessa forma, os chamados de manutenção tendem a se reduzir e a rede tenderá a travar menos e a consistência do banco de dados se tornará mais confiável, pois o seu principal elementos estará apto a sua operacionalização: o usuário.

Fonte: http://www.administradores.com.br

Servidores do Hospital Regional receberão treinamentos

A Secretaria Municipal de Saúde de Nova Andradina recebeu comunicado de que haverá treinamento para todos os médicos e enfermeiros do Hospital Regional, no período de 4 a 6 de fevereiro.

O objetivo específico é treinar técnicas e habilidades, protocolo, arsenal, recursos, diagnósticos e organização das salas de emergência.

Trata-se de mais uma etapa de treinamento do pessoal lotado no Hospital Regional, e será ministrado pela Secretaria de Estado de Saúde e Fundação Estadual de Saúde, através de uma equipe de médicos e enfermeiros.

A proposta é capacitar de forma continuada os servidores do Hospital “Dr. Francisco Dantas Maniçoba”, para que ali seja dispensado aos pacientes, um tratamento cada vez mais humanizado.

O Presidente da Fundação de Saúde de Nova Andradina, Dr. Norberto Fabri informou que este treinamento faz parte do processo contínuo de aprimoramento do atendimento naquela casa de saúde, a qual iniciou suas atividades, no dia 1º de janeiro deste ano.

Fonte: http://www.agorams.com.br

Nuvem de tags