Facilitador e Instrutor. Palestrante, se preciso for…

Posts marcados ‘Furukawa’

Companhia japonesa aposta em telepresença para criar universidade corporativa

Objetivo da empresa é formar uma academia voltada ao desenvolvimento de técnicas de rede e optcalização

A empresa japonesa Furukawa, que atua nas áreas de telecomunicações, eletrônica, sistemas automotivos, energia, metais e serviços, anunciou que pretende utilizar a tecnologia de telepresença para dar andamento à criação de uma Universidade Corporativa, com o objetivo de se tornar uma academia voltada ao desenvolvimento de técnicas de rede e opticalização.

De acordo com o presidente da Furukawa, Foad Shaikhzadeh, a empresa tem planos de acompanhar o mercado de cobre e seguirá o mesmo modelo adotado por iniciativas semelhantes voltadas a equipamentos, como as das companhias IBM e Cisco. A ideia, segundo Shaikhzadeh, é criar os cursos a distância usando os parceiros atuais, mas divulgando o conhecimento a partir do centro de competência de Curitiba (PR), onde estão concentrados os engenheiros da companhia.

O executivo adiantou que o primeiro curso deve ser realizado ainda neste primeiro semestre de 2011. A empresa conta com centros de telepresença na Argentina, em Curitiba e em São Paulo. Segundo o presidente, estão sendo estudados mais quatro ou cinco mercados para expansão da iniciativa.

Fonte: http://revistaip.com.br

Anúncios

Furukawa aposta em telepresença para criar universidade corporativa

por Martha Funke, especial para o Reseller Web

“Vamos poder contar com engenheiros de alto nível do Japão e dos Estados Unidos para profissionais seniores”, diz o presidente da companhia

A Furukawa vai lançar mão da telepresença para suportar a criação de sua Universidade Corporativa, cujo objetivo é se tornar uma academia voltada ao desenvolvimento de melhores técnicas de rede, tanto interna quanto externa. “O foco também é a opticalização. Mas vamos acompanhar o mercado de cobre”, define Foad Shaikhzadeh, presidente da Furukawa. Segundo ele, o modelo segue o mesmo adotado por iniciativas semelhantes voltadas a equipamentos, como as de IBM e Cisco.

A ideia, segundo ele, é criar os cursos a distância usando os parceiros atuais, mas irradiando o conhecimento a partir do centro de competência de Curitiba (PR). “É onde estão nossos engenheiros.” De acordo com Shaikhzadeh, a iniciativa é direcionada à comunidade, incluindo usuários e meio acadêmico. “Precisamos preparar o mercado para valorizar produtos diferentes”, diz.

O executivo adianta que o show room de Curutiba, agora integrado à web, estará disponível para apoiar os programas. O primeiro curso deve ser realizado ainda neste primeiro semestre.

A empresa já conta com centros de telepresença na Argentina, em Curitiba e em São Paulo. Segundo Shaikhzadeh, estão sendo estudados mais quatro ou cinco mercados para expansão da iniciativa – primeiro com uso de terceiros, depois com implantação de estruturas próprias, sempre com interação total. “Vamos poder contar com engenheiros de alto nível do Japão e dos Estados Unidos para profissionais seniores”, vislumbra o presidente.

Fonte: http://www.resellerweb.com.br

Nuvem de tags