Facilitador e Instrutor. Palestrante, se preciso for…

Arquivo para março, 2012

Especialista de Harvard participa de treinamento em Manaus

Treinamento promovido pela Targo Consultoria trouxe a Manaus especialista em técnicas de negociação de alto rendimento desenvolvidas na Universidade de Harvard

Participantes se envolveram em simulados de negociações utilizando ferramentas consagradas de alta performance

Participantes se envolveram em simulados de negociações utilizando ferramentas consagradas de alta performance (Marcio Silva)

Viver é estar em constante processo de negociação. A boa desenvoltura nesse ramo é fator determinante para o sucesso pessoal. Para as empresas, é uma questão de sobrevivência. Na semana passada, gestores e executivos de várias organizações  reuniram-se no hotel Hollyday Inn para participar do workshop Negociação de Harvard, evento promovido pela Targo Consultoria.

O workshop foi ministrado por Pablo Laurino, consultor Sênior da CMI International Group, empresa especializada na difusão dos conceitos desenvolvidos há quase três décadas na Universidade Harvard, nos Estados Unidos.

Foi lá que o termo win-win (ganha-ganha) foi cunhado para definir negociações de alta performance, que visam a satisfação de necessidades mútuas dos negociadores, onde todos saem ganhando.

Pablo Laurino explica que esse modelo foi construído a partir da observação e análise das práticas adotadas por grandes negociadores. Foi um conceito inovador no final dos anos 80 e início dos 90, quando começou a ser difundido entre grandes corporações. Hoje, é a principal teoria de negociação.

Conceitos
São conceitos que não se aplicam apenas no mundo dos negócios, mas em qualquer aspecto da vida. “Abordamos a negociação na definição ampla. Cada vez que tentamos influenciar a decisão de alguém, estamos negociando. Hoje, minha primeira negociação do dia foi com minha esposa para ver quem tomaria banho primeiro. Ao longo do dia, em cada microconversa, há uma micronegociação”, ensina o consultor.

 O evento teve a participação de empresas como I. B. Sabbá, Fundação Nokia, Petrobras, Moto Honda e Ótica Veja, entre outras. De forma prática, com a simulação de negociações, os participantes entraram em contato com ideias, ferramentas e conceitos capazes de maximizar resultados. “Grandes negociadores pensam nos interesses por trás das demandas, o que as pessoas realmente querem”, diz Laurino.

Método consagrado
Após a construção do método de negociação “ganha-ganha”, algumas empresas foram criadas para difundir esses conceitos fora do mundo acadêmico. Uma delas é a CMI International Group, empresa com mais de 20 anos de atuação. Entre seus clientes estão grandes empresas como Ford, Wolkswagen, Visa, Mastercard e Microsoft entre outros.

“O processo vai além do conteúdo da negociação, ele busca o que está por trás das demandas, daquilo que realmente motiva as pessoas”, diz o consultor Pablo Laurino. Ele cita como exemplo o caso do consumidor que vai a uma loja a procura de uma mesa. Ao bom vendedor, que é antes de tudo um negociador, caberá descobrir para que o consumidor precisa dessa mesa, o que gera essa necessidade. De posse dessa informação, o vendedor poderá apresentar um produto que melhor atenda o cliente, e que talvez nem seja uma mesa.

Outra característica do bom negociador é a capacidade de separar problemas e pessoas, suprimindo eventuais preconceitos e posicionamentos pessoais. “O foco deve ser na resolução do problema”, ensina.

Fonte: http://acritica.uol.com.br

Hospital de Paraíso realiza treinamento para enfermeiros e técnicos

Com o objetivo de organizar o fluxo de trabalho e adequação às normas relacionadas à Segurança em Esterilização, o Hospital Regional Público de Paraíso realizou de dezembro de 2011 a março deste ano treinamento para enfermeiros e técnicos de enfermagem.
As capacitações foram essenciais devido à necessidade de monitoração dos procedimentos que envolvem cada etapa do processo de esterilização, sendo que as normas foram baseadas na Anvisa – Agência Nacional de Vigilância Sanitária, Fapesp – Fundação de Amparo à Pesquisa, AORN – Associação de Enfermeiros Peri-Operatórios Registrados e AAMI – Associação Americana para o Avanço da Instrumentação Médica.

O Treinamento foi devido à adequação a Resolução – RDC n° 15, de 15 de março de 2012, que visa estabelecer os requisitos de boas práticas para o funcionamento dos serviços que realizam o processamento de produtos para a saúde visando à segurança do paciente e dos profissionais envolvidos.

As etapas foram limpeza, secagem e inspeção dos instrumentais; preparo de caixas e bandejas; utilização adequada de invólucros; abastecimento e posicionamento dos materiais na Câmara das Autoclaves; utilização de controladores do equipamento, de pacotes, de exposição e de cargas; atenção especial a cargas contendo implantáveis; armazenamento e dispensação de materiais esterilizados;

Fonte: http://surgiu.com.br

Jogo Treinamento- Descobridores dos 7 Mares

Descobridores dos 7 Mares® abrange o processo de vendas passo-a-passo. Os participantes realizam uma viagem marítima virtual, passando por todas as etapas de uma navegação, desde o planejamento até a ancoragem num porto seguro  Trata-se de uma competição saudável que levanta os principais pontos de um processo de vendas.

A Experiência

Os participantes reunidos em grupos de até 5 pessoas embarcam numa viagem onde as etapas remetem às fases da navegação, conforme descrito abaixo:

Fase 1- Auto-estima lá em cima!

Etapa de aquecimento dos grupos onde todos participam de exercícios de automotivação e recebem sua carta náutica;

Fase 2- Decifrando o mapa.

Nesta fase os participantes precisam ler uma carta náutica e descobrir como navegar seguramente pelo mar. A atividade estabelece um paralelo com a pesquisa e o levantamento de necessidades dos clientes;

Fase 3- Chegando à Ilha do Cifrão

Os participantes chegam a uma ilha habitada por experientes mercadores e precisam de permissão para desembarcar. A atividade estabelece um paralelo com a abordagem dos clientes, enfocando técnicas de rapport.

Fase 4- Quero construir um porto aqui!

Os participantes precisam convencer os habitantes da ilha a deixá-los construir um porto. A atividade aborda a venda de benefícios em detrimento da demonstração de produtos.

Fase 5- Construindo uma base operacional

Os participantes precisam negociar a construção de uma base que servirá de porto entre seus países e naturalmente encontram várias objeções. A atividade estimula a neutralização de objeções e aborda as resistências quanto à preço.

Fase 6- O acordo comercial

Os participantes estabelecem um acordo de comércio entre os 2 países. A atividade aborda técnicas de fechamento de vendas

Fase 7- Estreitando os laços

Após o sucesso da empreitada, os participantes precisam estreitar os laços entre os países para aumentar o fluxo de comércio. A atividade aborda o pós-venda, estimulando-os a manter sempre o contato com o cliente.

O que os participantes Aprendem

  • Automotivação e atitude vendedora é essencial para o sucesso em vendas;
  • Pesquisar e conhecer bem o cliente;
  • A abordagem profissional dos clientes;
  • Venda de benefícios em detrimento à demonstração de produtos;
  • Neutralização de objeções e resistência a preços;
  • Fechamento eficaz de vendas;
  • Estabelecimento de relacionamentos e pós-vendas

Estrutura

O jogo-treinamento Descobridores dos 7 Mares tem a duração de 8(oito) horas e pode ser aplicado a turmas de até 30 pessoas.

Quer aumentar suas vendas? Fale comigo, peça uma proposta.

Intelbras realiza treinamento sobre produtos lançados em parceria com a Cisco

Top Training será promovido em 10 capitais brasileiras. Destaque será a solução CIP60300, uma adaptação do Cisco BE3000 ao mercado brasileiro.
Após o anúncio de que disponibilizará ao mercado brasileiro soluções em telecomunicação corporativa em parceria com a Cisco, a Intelbras realiza, a partir de 19 de março, o Top Training, evento onde apresentará os detalhes dos produtos que começam a ser comercializados em abril. O treinamento é voltado a integradores e será promovido em 10 capitais brasileiras.
Esse é um dos passos da estratégia de mercado das duas companhias com o objetivo de conquistar a liderança na oferta de soluções corporativas para médias empresas, mercado que gira em torno de US$ 230 milhões. Com o evento, a Intelbras espera gerar novas oportunidades de negócios.
Para Fábio Lopes, gerente comercial da Intelbras Soluções, o Top Training é um ótimo exemplo de como a empresa preza também pela qualidade de atendimento aos seus clientes. “Treinamentos como estes são fundamentais para ampliar a rede de parceiros aptos a montar projetos e oferecer soluções completas em comunicações unificadas”, afirma.
O destaque do evento será a solução Cisco Unified Communications Manager Business Edition 3000 (BE3000) adaptada ao mercado brasileiro, que será comercializada no País pela Intelbras com o nome de CIP60300. Segundo Lopes, o lançamento deverá ser o mais procurado do segmento pelo mercado de pequenas e médias empresas, que muito pede por soluções IP a um custo-benefício interessante.
As soluções – A CIP60300 é uma plataforma de comunicações unificadas para atender empresas entre 50 a 300 usuários, integrando voz, vídeo, mobilidade, mensagens, conferência e serviços de gateway de voz, em múltiplas localidades.  O sistema permite implantação, gestão e uso simplificados, diminuindo o custo total de propriedade e proporcionando uma transição suave do sistema de telefonia tradicional para um sistema moderno de comunicações unificadas. A nova solução conta ainda com interfaces do tipo Digital E1 (R2/ISDN) para conexão com operadoras de telefonia fixa convencional e oferece a possibilidade de interligações com operadoras VoIP através de conexões que utilizam SIP-Trunking.
A Intelbras apresenta também durante o evento um conjunto de equipamentos desenvolvidos pela empresa que complementam e se integram à solução: um telefone IP modelo TIP100-S para ser utilizado em conjunto com a tecnologia de comunicação unificada da Cisco. Ainda fazem parte das opções de terminais IP, os telefones Cisco das linhas 3900, 6900 e 8900.
Para empresas que possuem sistemas legados de telefonia e desejam migrar para a tecnologia IP de forma transparente, aproveitando a estrutura existente, a Intelbras desenvolveu o gateway de voz Infinity Extension, uma solução híbrida que permite preservar os investimentos realizados previamente pelos clientes em telefones analógicos.
Ampliando as possibilidades de interligação, a Intelbras apresenta ainda outras soluções inteiramente baseadas no protocolo de rede IP, fruto da integração tecnológica de ambas as empresas. Estarão disponíveis, também: um gateway FXS de 2 canais para conexões de ramais analógicos, um gateway FXO de 8 canais para conexões de troncos analógicos com operadoras de telefonia fixa  convencional e um gateway GSM de 8 canais para conexão com operadoras de telefonia móvel.
Cronograma
RECIFE – 19/03/2012
FORTALEZA – 20/03/2012
SALVADOR – 21/03/2012
BRASÍLIA – 22/03/2012
GOIÂNIA – 23/03/2012
BELO HORIZONTE – 26/03/2012
RIO DE JANEIRO – 27/03/2012
SÃO PAULO – 28/03/2012
CURITIBA – 29/03/2012
PORTO ALEGRE- 30/03/2012
Sobre a Intelbras – Fundada em 1976, a Intelbras é uma empresa com capital 100% nacional e atua em três áreas: telecomunicações, redes e segurança eletrônica. Atualmente com 1.900 colaboradores, está presente em mais de nove mil pontos de venda para varejo e seis mil revendedores corporativos. Exporta para América Latina, África e Oriente Médio. Entre os prêmios nacionais conquistados em 2011, estão os rankings de Melhores Empresas para Trabalhar, do Instituto Great Place to Work e do Guia Você S/A. Saiba mais sobre a empresa e sua loja virtual no site http://www.intelbras.com.br e no twitter @intelbras.

Centro Britânico ministra treinamento para aplicadores dos exames de Cambridge ESOL

Para se tornar um centro aplicador, as escolas devem atender ao padrão de ensino e qualidade exigidos por Cambridge ESOL.

São Paulo– O Centro Britânico Franquia, rede de escolas de idiomas, foi convidado pelo representante da Cambridge ESOL em São Paulo, maior organização educacional de avaliação de idiomas da Europa, para ministrar um treinamento sobre os processos e sistemas de inscrições dos exames.

O encontro acontecerá, sexta-feira (23/03), na unidade Pompéia, em São Paulo. O treinamento é gratuito e recomendado a todos os centros autorizados que estejam aplicando os exames há menos de dois anos, onde o Centro Britânico também se encaixa, mas devido ao grande sucesso na administração dos exames e suporte oferecido a outros centros aplicadores, a representante da central da escola foi convidada para ministrar a palestra.

Os certificados de Cambridge são aceitos oficialmente por milhares de instituições em todo mundo como prova de proficiência para estudar, trabalhar e viver em diversos países. Os exames destacam-se pelo alto padrão de avaliação, sendo baseados em situações reais de comunicação e abrangendo as quatro habilidades lingüísticas: leitura, escrita, compreensão auditiva e expressão oral.

Para se tornar um centro aplicador, as escolas devem atender ao padrão de qualidade impostos por Cambridge, além de ter uma pessoa responsável por gerenciar as finanças e administração dos exames.

Antes de obter a autorização para aplicar os exames, a escola passa por um processo de inspeção nas instalações, para garantir que o centro aplicador atenderá a todos os requisitos da Instituição. No total são 60 centros autorizados em todo o Brasil, sendo sete na cidade de São Paulo.

A responsável pelos exames de Cambridge ESOL no Centro Britânico, Cristina André, tem 19 anos de experiência na aplicação destes. “Já auxiliávamos outros centros sempre que solicitados, agora fomos prestigiados com o convite oficial para ministrar esse treinamento, que é primeira vez que acontece”, diz Cristina.

A escola disponibiliza para seus alunos exames para diferentes níveis de conhecimento de inglês, desde o YLE (Young Learners English) – para crianças, até o CPE (Certificate of Proficiency in English), conhecido pelo seu alto nível de proficiência.

.[Dia 23/03/2012 (sexta-feira)das 8h às 13h,noCentro Britânico,Rua Caraíbas, 957 – Pompéia,São Paulo |Contato: (11) 3675-3651 ou http://www.centrobritanico.com.br%5D.

Fonte: http://www.revistafator.com.br

Petrobras – Processo Decisório

Petrobras

Projeto: Curso de Processo Decisório

Cliente: Petrobras – UO-BC/RH/DRH

Objetivos do Projeto: Desenvolver nos participantes a competência da tomada de decisão e análise de problemas, através da compreensão dos passos que compõe o processo decisório internalizando-os como um modelo mental aplicável às diversas situações vividas na empresa, com enfoque que considere os aspectos racional e criativo do processo decisório e as implicações segundo o ponto de vista da ética.

Desafios: Capacitar de forma lúdica e agradável os participantes a negociarem com públicos de diferentes perfis, de forma eficaz.

Metodologia Aplicada:

  • Apresentação de 08 ferramentas de análise e apoio à decisão.
  • Aula explosiva e dialogada.
  • Dinâmicas de grupo.
  • Vivência de casos.

Conteúdo Programático:

  • Estrutura do processo decisório.
  • Tipo de problema e de decisão.
  • A criatividade na tomada de decisão.
  • Aspectos comprotamentais da tomada de decisão.
  • Ética na tomada de decisão.

Resultados: Avaliado com o conceito BOM pela Petrobras.

Produtos do Projeto: Curso com 16 h de duração.

Participantes: Foram treinados 40 funcionários Petrobras em 02 turmas.

Petrobras - Processo DecisórioPetrobras - Processo DecisórioPetrobras - Processo Decisório

Decisão, uma das grandes aflições do ser humano. Neste curso trabalhei o processo decisório fornecendo uma variedade de ferramentas de apoio à decisão que municiaram os participantes para esta difícil tarefa, além de apresentar casos de decisões tomadas com agilidade e casos em que a falta de uma decisão firme levou a desastres. A turma trabalhou intensamente com todas as ferramentas e certamente está mais preparada para as constantes mudanças que exigem decisões ágeis.

Parceria prevê intercâmbio entre universidades corporativas

O Sebrae firmou na capital federal, na última quarta-feira (14), um protocolo de intenções com a Caixa Econômica Federal, os Correios e o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro). A parceria, que será implementada pelas universidades corporativas das quatro instituições, ampliará as oportunidades de desenvolvimento profissional de mais de 200 mil funcionários.

O acordo prevê ainda a criação de uma rede de colaboração técnica, denominada Unifica. Além de compartilhar o portfólio de cursos das quatro universidades, a iniciativa promoverá o intercâmbio de experiências, a integração de ambientes virtuais (sistemas e aplicativos) e de competências, que se tornam desafios comuns.

“O Brasil está passando por um importante momento econômico, com oportunidades para os pequenos negócios e o empreendedorismo. Nosso desafio é fortalecer o capital humano, a gestão do conhecimento e o aporte tecnológico para atender às demandas atuais e futuras”, diz o diretor de Administração e Finanças do Sebrae, José Claudio dos Santos. “O conhecimento adquirido pelos colaboradores do Sebrae beneficiará os pequenos negócios do Brasil. Esse público é nosso cliente, que terá muito a ganhar com a iniciativa”, finaliza o diretor.

A ação, inédita no país, otimizará recursos e vai melhorar o processo de capacitação dos empregados das instituições envolvidas. “É uma parceria onde todos serão beneficiados e um exemplo de que é possível unificar o esforço pela qualificação do capital humano no país”, afirmou o superintendente do Serpro, Gilberto Paganotto.

Para o vice-presidente dos Correios, Larry Manoel Medeiros de Almeida, a parceria é um incentivo para enfrentar os desafios dos próximos anos. “Com o somatório de expertise das quatro instituições, estaremos preparados para proporcionar melhores serviços à população”, ressalta Almeida. “É um exemplo para o país. Vamos mostrar que é possível trabalhar com sinergia”, diz o diretor-executivo de Gestão de Pessoas da Caixa Econômica Federal, Nelson Antônio de Souza.

O próximo passo é a realização de um workshop com integrantes das quatro universidades corporativas para definir quando a Unifica começa a funcionar. “Criamos um ambiente virtual com todos os cursos que serão oferecidos. Primeiramente, serão 15 cursos e, em breve, atingiremos 27”, explica a coordenadora da Universidade Serpro, Eunides Maria Leite Chaves. “É um trabalho pioneiro. Vamos abrir caminho para outras universidades se associarem à rede, ampliando assim as oportunidades de capacitação”, informa a gerente da Universidade Corporativa do Sebrae, Alzira Vieira.

Fonte: http://www.administradores.com.br

Nuvem de tags