Facilitador e Instrutor. Palestrante, se preciso for…

A Academia de Serviços Comandante Rolim Adolfo Amaro, pela primeira vez, abriu as portas para a imprensa em um workshop especial no local de treinamento e seleção de funcionários da TAM, realizado hoje, dia 8, na sede em São Paulo, em comemoração aos dez anos de existência. “Temos a função de treinar bem todos os nossos funcionários”, afirma o diretor de Operações e Treinamento Operacional da TAM Linhas Aéreas, o comandante Leornard Grant, ao explicar que o centro de treinamento dá um suporte ao negócio para alcançar a satisfação do cliente.

“As pesquisas realizadas com nossos passageiros nos auxiliam a descobrir onde devemos ajustar o nosso serviço. Elas são o ponto de partida para quase todos os cursos que desenvolvemos na Academia, sempre voltados ao crescimento profissional dos funcionários e à evolução do nosso negócio”, afirma a gerente de Treinamento da TAM, Melissa Casagrande.

A Academia realiza e coordena os cursos teóricos, práticos e comportamentais aplicados na TAM. Atualmente, a unidade que atende uma média diária de 800 pessoas, é responsável por qualificar os funcionários no Brasil e no exterior, além de ser uma peça estratégica na política da companhia de oferecer serviços com altos índices de segurança e qualidade.

E na oportunidade, todos os presentes puderam conhecer as instalações da Academia de Serviços, e acompanhar a atuação das equipes de treinamento. Também foram apresentados as ações e projetos da TAM e os cursos oferecidos para funcionários de formação técnica, treinamentos de integração (voltado para maior conhecimento histórico da empresa), de formação inicial (para que os colaboradores tenham noção de excelência de serviços e atendimentos), e formação aprendizes.

E para participar do treinamento oferecido para pilotos, a Academia exige que eles tenham experiência mínima de 800 horas, com curso superior, e 1,2 mil horas de experiência para os que não têm curso superior. Este ano, já foi mais de 290 mil horas de cursos, palestras e programas de reciclagem. De janeiro a novembro, a companhia investiu R$ 32 milhões em treinamento, o que representa quase 20% a mais do que o investido no mesmo período de 2010. Deste valor, 2/3 é voltado especificamente para o curso dos pilotos. Ainda esta sendo construído um centro com todo equipamento e infraestrutura de simuladores (utilizado no treinamento de pilotos), em parceria com uma empresa, a qual garantirá 70% do trabalho destinado à TAM, exclusivamente.

“Não medimos esforços nessa área. O alto investimento na qualificação permanente de 29 mil funcionários, é estratégico para nossa companhia”, afirma o vice-presidente de Gestão de Pessoas e Conhecimento da TAM Linhas Aéreas, Cláudio Costa.

A companhia aérea possui um grupo de 2,3 mil pilotos e co-pilotos – destes, apenas 20 são mulheres. E de acordo com Marcos Tourense, da área de Treinamento Técnico de Comissários, do grupo de 6,5 mil comissários, 150 realizam o curso de reciclagem todo mês. O Centro de Treinamento, aprovado pela Anac, em breve será ampliado com a inserção de uma Universidade da aviação, segundo o Grant. “Esta é a nossa meta. Porém queremos fazer isso mais pra frente, com qualidade e não para apenas ser a maior”, complementou o comandante.

Fonte: http://www.brasilturis.com.br

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: