Facilitador e Instrutor. Palestrante, se preciso for…

Na última quarta-feira, 29 profissionais de saúde se reuniram para o primeiro dia do Programa de Treinamento de Líderes e Gestão Médica (PDLGM), do Hospital São José (HSJ). Além de 25 médicos participam do evento cinco enfermeiros, uma farmacêutica, uma nutricionista, um fisioterapeuta e uma biomédica.

O Programa está dividido em cinco módulos, ministrados por Mara Machado, representante do Instituto Qualisa de Gestão (IQG) – empresa especializada em certificação e implementação de programas de gestão de qualidade do segmento de saúde. A abertura foi realizada pelo diretor técnico do São José, Dr. Robson Sobreira Pereira, que em sua fala enfatizou a importância da gestão de negócios pelos profissionais de saúde.

Durante o encontro, que se estendeu das 8h às 13h, a facilitadora Mara Machado falou sobre Sistema de Gestão da Qualidade. Ela traçou um breve histórico dos programas de acreditação no Brasil e no mundo, apontando suas principais evoluções. “A partir de 2000 a acreditação voltou-se para a questão da segurança do paciente, que é o que trabalhamos atualmente”.

No decorrer de sua fala, Mara discorreu sobre as novas formas de administração em saúde e da transdisciplinaridade – uma exigência básica nas instituições de saúde atualmente. “Mais que trabalhar juntos, os profissionais hoje necessitam juntar saberes, porque as necessidades e exigências do paciente mudaram, são diferentes”.

Ao final do módulo os participantes se mostraram satisfeitos com os primeiros resultados alcançados. Dr. Ricardo Vasconcelos classificou o encontro como excelente. “Foi muito revelador, falamos sobre coisas que abrem nossos horizontes, que promovem nossa reflexão”.

Para o Dr. Manoel Antonio Gonçalves Pombo, o Programa começou bem. “É um projeto interessante que propõe uma maneira inovadora de abordar os relacionamentos de maneira institucionalizada”. Dr. Mauro Salvatore ressaltou a importância do comprometimento. “Precisamos todos assumir nossos papéis e desempenhá-los, entendendo quem deve desenvolver o que nos processos. Dessa forma tudo fica mais simples”.

No próximo módulo, que será desenvolvido no dia 14 de setembro, serão discutidos os temas sustentabilidade e epidemiologia clínica.

Fonte: http://odiariodeteresopolis.com.br

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: