Facilitador e Instrutor. Palestrante, se preciso for…

Atuando em praticamente todos os estados do país, a Azul Seguros foi tema de debate organizado pelo Clube dos Corretores do Rio de Janeiro na última quinta-feira, que contou com a presença do diretor geral da empresa, Roberto Santos.
Com preço altamente competitivo, a Azul Seguros investe no atendimento e na qualidade dos produtos. De acordo com Santos, o quadro de funcionários especializados em atender o corretor que em 2006, era de 18%, atualmente chega a 32%. “Investimos forte no treinamento de nossos funcionários, para dar todo o suporte aos nossos corretores e clientes”, explicou o executivo.
Segundo o anfitrião, o presidente do Clube, Amílcar Vianna, “a Azul é hoje uma seguradora de peso. É preciso conhecer a história dessa seguradora que é tão forte aqui no Rio de Janeiro, assim entenderemos melhor toda a movimentação do nosso mercado”, comentou.
Os investimentos justificam os números de satisfação que a empresa coleciona. No sistema interno, a Azul tem 2.748 clientes dispostos a indicar a empresa a um amigo, ou seja, cerca de 78,2% da carteira. “Este número é excepcional para nós. É impossível ter 100% de satisfação dentro de uma empresa, todo mundo erra. Temos que analisar o número de detratores que temos, ou seja, as pessoas que “queimam” a Azul para outros clientes. Nosso índice é muito baixo, cerca de 6%. Já estivemos com até 17% de detratores. Uma empresa que chega a 20% pode estar perto de ir para o buraco”, opinou o diretor da Azul.
No site Reclame Aqui, conhecido por reunir reclamações de clientes em todo o Brasil, a Azul é a seguradora com menos reclamantes. De acordo com Santos, são 185 pessoas insatisfeitas e com pendências. O índice de respostas da empresa a estes clientes é de 100% e 55,8% deles admitiram que voltariam a fazer negócios com a corporação.
Também estiveram presentes no evento Nilo Moraes, da Aon, o diretor executivo da Essenius, Gustavo Dória, a Superintendente da Porto Seguro, Solange Zaquem, o presidente da Aconseg-RJ, Renato Rocha, o diretor executivo do Grupo Aliança, José Alexandre Silva, o coordenador do Incubaseg, Carlos Alberto Oliveira, e o diretor do Clube dos Corretores do Rio de Janeiro, Jayme Torres.

Automóveis

Com forte atuação no ramo de Automóveis, a Azul Seguros já conta com 50 centros de atendimento rápido espalhados por todo o Brasil. Segundo Santos, este modelo facilita a vida tanto do corretor como dos segurados. “Os centros dão agilidade e qualidade ao nosso atendimento, além de uma redução no custo médio de sinistros da empresa”, disse. Tanto trabalho assim tem justificativa: a frota da corporação Porto Seguro é uma das maiores. O número de automóveis que, em 2006, era de 220 mil , atualmente chega a 932 mil, ou seja, cerca de quatro vezes mais.

Fonte: http://www.monitormercantil.com.br

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: