Facilitador e Instrutor. Palestrante, se preciso for…

Estamos no século do cuidado com a imagem. Não apenas da aparência, com o cuidado do que vestir e como se comportar em diferentes ambientes, mas saber como, quando e o que falar diante de um repórter.

Esse cenário fez surgir uma nova profissão, o media trainer. Eles ensinam presidentes, diretores de grandes empresas, políticos das três esferas de governo, entre outros profissionais e personalidades que estão sempre em evidência na mídia a lidar bem com a imprensa e se sair bem em entrevistas.

O profissional que aplica o media training (treinamento) é mais comum em grandes centros como São Paulo, por exemplo. Esse é um mercado em que a jornalista e advogada Anelisa Maradei tem atuado. Uma tarefa, segundo ela, não muito fácil. “O profissional deve ter ampla vivência na área de comunicação, com conhecimento das práticas em redação e vivência no mundo corporativo”, explica.

Pós-graduadada em Comunicação, Anelisa diz que o profissional precisa compreender o universo do cliente e interpretar as necessidades dos jornalistas, o dia a dia das redações, as pressões da imprensa, a fim de preservar e valorizar a imagem das marcas para as quais vende seus serviços.

Segundo ela, em São Paulo, as empresas percebem cada vez mais a necessidade desse serviço. Há casos em que o cliente solicita até mesmo aulas práticas com equipe técnica de TV, o que é feito por meio de terceirização.

Divulgação

Cuidar da imagem não é vaidade, é necessidade

Bem na mídia

Empresas de grande porte começam a investir nesse tipo de treinamento. A concessionária Viapar, de Maringá, é uma delas. Em 2010, a concessionária adotou um manual de relacionamento com a imprensa “A Empresa e a Mídia”, elaborado pelo jornalista e consultor da área de comunicação José Antônio Ribeiro Nascimento. O tema também rendeu palestra para os colaboradores, à época.

Segundo o atual assessor de comunicação da empresa, Marcelo Bulgarelli, o próximo passo é a produção de um manual prático para que os diretores e demais executivos da empresa compreendam o tratamento dado às informações na redação dos diferentes veículos para estreitar e melhorar ainda mais a relação empresa-imprensa.

Diante do repórter

  • Enfrente a realidade. Seja a fonte, mais do que a notícia.
  • Diga a verdade ou então não fale.
  • Dê respostas curtas e objetivas e destaque os pontos fundamentais.
  • Não fale com a cabeça ou olhos baixos.

Fonte: http://www.odiario.com

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: