Facilitador e Instrutor. Palestrante, se preciso for…

No curso de Disseminadores da Educação Fiscal, não são só os alunos que aprimoram seus conhecimentos. Agora, quem está no papel de estudante são os 33 tutores da iniciativa, que estão sendo capacitados sobre processos tecnológicos e administrativos. O treinamento, que segue até a próxima segunda-feira (14), é voltado especialmente para a utilização da plataforma moodle.

O objetivo é explicar o funcionamento e os recursos disponibilizados pela nova ferramenta, onde serão realizadas as aulas à distância e as avaliações. Adotado pela primeira vez pela Escola Superior de Administração Fazendária (Esaf) – responsável pelo gerenciamento do curso – o sistema será usado por todos os estados brasileiros.

Ao contrário do resto do país, entretanto, em Alagoas a atividade está sendo comandada por duas disseminadoras locais, Gercineide dos Santos e Uverlândia da Silvia. “Isso representa uma economia de dinheiro público, pois teríamos que arcar com os custos de passagem e hospedagem dos representantes da Esaf que dariam a capacitação”, diz a coordenadora do Disseminadores, Silvia Jane de Medeiros.

Além do conhecimento sobre a plataforma, o momento também está sendo aproveitado para explorar um pouco mais o papel desempenhado pela tutoria. “Eles estão vendo a função, as obrigações, como devem agir com os alunos, como será feito esse contato e outros tópicos do tipo”, completa Silvia, que está responsável pela parte teórica.

Segundo ela, essa é a primeira vez que o Estado terá 30 turmas simultâneas – geralmente o número não costuma passar de 20. Em cada uma, serão de 15 a 30 estudantes, dependendo da experiência do tutor. Devido à grande quantidade, a nova edição do Disseminadores da Educação Fiscal vai contar com mais 18 tutores, todos formados no curso em 2009 e 2010.

A coordenadora ressalta que, com a próxima formação, deve ser alcançada uma das metas estipuladas para o ano de 2011. “Um dos nossos desejos é ter disseminadores em todas as cidades alagoanas e, agora, tivemos inscrições de diversas localidades. Até pessoas de Branquinha, devastada pelas enchentes, se inscreveram para participar”, expõe ela.

Até agora, o curso está presente em 77 dos 102 municípios alagoanos, tendo cerca de 1.700 cidadãos capacitados para atuar nas escolas e junto à sociedade. O objetivo da iniciativa é formar agentes multiplicadores acerca do papel dos impostos e da importância do controle social sobre a administração pública, criando condições para uma relação harmoniosa com o estado. As aulas são gratuitas.

Próxima edição – Com inscrições encerradas na última quinta-feira, a próxima edição do Disseminadores da Educação Fiscal acontece de 21 de março de 18 de junho. Todo o conteúdo será lecionado por meio de fóruns e chats na internet. Certificada pela Esaf, ligada ao Ministério da Fazenda, a capacitação tem carga horária de 160 horas.

Fonte: http://www.aquiacontece.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: