Facilitador e Instrutor. Palestrante, se preciso for…

Arquivo para dezembro, 2010

SulaCap cria Escola Corporativa e aumenta vendas em 52%

A Sul América Capitalização (SulaCap), que criou sua Escola Corporativa com a proposta de capacitar sua equipe comercial, já constatou 82% de melhora na performance de seu pessoal, resultando em 52% no aumento das vendas. Através da excelência nos serviços, clareza na comunicação e desenvolvimento contínuo, a denominada “Academia de Vendas” aposta em metodologias diferenciadas para obter e mensurar resultados, inclusive os intangíveis.

“O grande diferencial da nossa Academia é a mensuração dos resultados de treinamentos com a utilização dos 4 níveis de avaliação e que, muitas vezes, os profissionais de treinamento colocam como um grande desafio. As justificativas são as mais diversas possíveis: não tenho tempo, não tenho habilidade com percentuais, tecnologia de ponta ou ainda a crença de que não é possível mensurar o que é comportamental”, comentou Sandra Santos, gerente de treinamento, ressaltando que, segundo pesquisas, apenas 5% das empresas no Brasil atuam desta forma.

A “Academia de Vendas”, voltada atualmente para cerca de 100 funcionários da área comercial, da sede no Rio e das sucursais nas principais capitais do país, possui treinamentos que acontecem de forma presencial, em auditório ou em hotéis, e à distância, por meio de apostilas. Atualmente tem quatro programas, cada um com seu público-alvo definido: LíderCap (para todos os gerentes comerciais); Treinamento Consultores (para os consultores e estagiários); Treinamento Administrativo (para administrativos comerciais) e GEPEM (específico para equipe de produtos empresariais).

Criada em março de 2009 pela SulaCap, a “Academia de Vendas” foi destaque no 25º Congresso Brasileiro de Treinamento e Desenvolvimento, que ocorreu em Santos, neste mês de dezembro. Na ocasião, Sandra compartilhou a prática para diversas empresas do Brasil com o case “SulaCap: um exemplo de sucesso na mensuração de resultados”.

Segundo o diretor responsável Cesar Tadeu Dominguez, o sucesso da área comercial da SulaCap esta diretamente ligado a junção entre as áreas de vendas, marketing e treinamento. Na empresa, as três se reportam a mesma diretoria.
“A tríade área comercial, marketing e treinamento traz resultados significativos para a empresa. Pensamos sempre na sustentabilidade do negócio e nada melhor que ter uma equipe capacitada, com foco e estratégia bem definidos”.

Fonte: http://www.monitormercantil.com.br

Anúncios

Vai Brasil promove treinamentos sobre sua nova ferramenta


Visualização gráfica de várias rotas em uma porção da Internet
(foto: wikipedia.org)

A equipe do Vai Brasil entregou, na última semana, a ferramenta completa de uso do sistema para 25 operadores associados. Trata-se de uma plataforma de comércio eletrônico, desenvolvida com recursos do MTur e de operadoras de turismo.

Desde novembro, a equipe do VB já realizou 30 treinamentos em todo o Brasil capacitando profissionais de companhias aéreas, meios de hospedagem, locadoras de veículos, parques, receptivos, seguradoras de viagem e empresas de transporte rodoviário. Dos 500 empresários participantes, 92% se consideram aptos a usar a nova ferramenta.

Juliana Saraiva Lima, gerente de contas do Beach Park Suítes, em Fortaleza (CE), participou do treinamento. “É mais uma forma de comercializar, de divulgar nossos produtos”. Para Juliana, “não tem porque não participar”. A partir de janeiro, mais 30 treinamentos estão previstos. Também começará a ser veiculada, na mídia eletrônica, uma campanha de divulgação da nova plataforma.

“A ousadia do projeto está em conciliar os interesses e peculiaridades dos negócios de 25 diferentes operadoras”, disse Eduardo Barbosa, presidente da Braztoa. A partir de agora, os operadores deverão cadastrar produtos que ainda não estão no sistema e iniciar a comercialização. Ajustes eventuais poderão ser feitos.

“O VB era uma vitrine de vendas, quando surgiu, anos atrás”, diz Enzo Arns, coordenador do projeto. “Hoje ele é um grande banco de dados, o que o faz único. “Estão cadastrados, neste momento, 36 operadores no total, 1.328 receptivos, 5.462 agências, nove companhias aéreas, 2.331 meios de hospedagem, 20 redes hoteleiras, 285 locadoras, 31 parques e nove seguradoras de viagem.

As mudanças
Essa nova plataforma de comércio eletrônico disponibiliza, de forma totalmente online, a montagem e reserva de pacotes turísticos. Isso permite a compra de pacotes dinâmicos, nos quais o usuário pode montar sua viagem da forma que quiser – ou em um pacote tradicional ou no modelo que ele desejar.

A ferramenta integrada permite a cada elo da cadeia cadastrar seu próprio produto, o que dá mais agilidade e assegura a localização da melhor tarifa. Uma das novidades é que toda a transação realizada conta com o acompanhamento de uma agência de viagem, como forma de garantir a segurança da compra e entrega do produto. Essa iniciativa é única em um portal de vendas on-line, comissionando o agente em até 10%, valor superior inclusive ao de vários produtos com que o agente trabalha hoje no mercado “off-line”.
(Redação)

Serviço
www.vaibrasil.com.br

O Treinamento Corporativo e Sua Importância Estratégica

A combinação de apagão de talentos, crescimento econômico e aumento da complexidade dos negócios fizeram com que os programas de treinamento corporativo passassem a ter importância estratégica em muitas empresas.

Por Dom Strategy Partners

A combinação de apagão de talentos, crescimento econômico e aumento da complexidade dos negócios fizeram com que os programas de treinamento corporativo passassem a ter importância estratégica em muitas empresas.

O mesmo pode ser dito sobre as pessoas que trabalham em tais organizações.

Afinal, seus job descriptions cada vez mais requerem um conjunto de habilidades, conhecimentos e capacidades de lidar com novas ferramentas e tecnologias em um ambiente caracterizado pela incerteza e mudança.

Breve Histórico da Educação Executiva e a Parceria entre Empresas e Instituições de Ensino

A história da educação executiva remonta ao final do século XIX quando as business schools de Wharton e Harvard foram criadas com o objetivo de prover educação prática (em oposição à educação formal e teórica da época) sobre finanças, marketing, RH e produção.

Esses eram programas do tipo “one-size-fits-all” que atendiam principalmente às necessidades de indivíduos em oposição às necessidades das organizações nas quais eles trabalhavam. Isso vem mudando, a partir do momento em que as empresas passaram a desenvolver parcerias com diversas instituições de educação executiva.

Dessa forma, passaram a incluir os programas de educação executiva em seu mix de treinamento corporativo. Essas parcerias têm sido revistas com o objetivo de atualizar os programas de treinamento corporativo.

Essa revisão busca desenvolver programas que sejam ao mesmo tempo úteis, mensuráveis, eficientes e integrados às necessidades das companhias. Tais programas englobam um mix de atividades que incluem, dentre outros, imersão, coaching, mentoring e cursos formais.

A Nova Cara dos Programas de Treinamento Corporativo

Além da revisão do mix de atividades, a parceria entre instituições de ensino e empresas tem levado à modificação do currículo dos programas para alinhá-los às necessidades das organizações. As principais modificações são:

* Da educação teorética para a educação experimental
* Do passivo (escutar) para o ativo (fazer)
* Do aprendizado ditado pelo professor para o aprendizado ditado pelos estudantes
* Da abordagem genérica para a abordagem customizada
* Da memorização para o brainstorming
* Dos exames baseados em questões para exames baseados em projetos
* Do “passar nos testes” para o aprendizado por toda a vida
* Da transferência de conhecimento para a co-criação de conhecimento
* Do aprendizado competitivo para o aprendizado colaborativo

No passado, o foco do treinamento corporativo era ensinar as habilidades funcionais básicas como estratégia, finanças e marketing, por meio do aprendizado teórico, estudos de caso e palestras de professores.

Hoje, o treinamento corporativo aborda temas como globalização, liderança, diversidade de empregados, alianças organizacionais, e-commerce, cadeias globais de suprimento, impacto de novas tecnologias e afins e é maximizado e tangibilizado em seu quotidiano com as chamadas Universidades Corporativas.

Conclusão

A importância estratégica do programas de treinamento corporativo é cada vez maior. A razão disso é que empresas e funcionários reconhecem a necessidade de desenvolver competências e habilidades que os permitam lidar com o alto grau de incerteza e complexidade características de muitos setores.

Em razão disso, novos modelos, técnicas e ferramentas têm sido desenvolvidas para melhorar o treinamento corporativo.

Ademais, a estrutura do processo de treinamento dentro das organizações e seus diferentes modelos e formatos, a base curricular, o mix de atividades e as parcerias entre instituições de ensino e empresas também têm sido revistos de modo a garantir um melhor alinhamento entre as necessidades das organizações e os programas de treinamento corporativo.

Fonte: http://www.administradores.com.br

CDL Jovem mostra força nas ações empresariais em Campo Grande

Os jovens da CDL Campo Grande fecham o ano de 2010 com diversas ações que beneficiaram desde o comércio até a população mais carente da Capital, além de prestigiarem importantes eventos que discutem os rumos da classe empresarial de Mato Grosso do Sul.

“O foco principal da CDL Jovem é fomentar cada vez mais as ações que a entidade presidida por Ricardo Kuninari vem realizando em prol do comércio de Campo Grande… nós resgatamos algumas ações que precisavam de uma atenção especial, como campanhas filantrópicas, treinamento aos funcionários e colaboradores do comércio, além de participar de projetos que interessam a classe empresarial” diz Dendry Rios, presidente do grupo.
Ações
Convenção Nacional – Realizada em Florianópolis (SC), a Convenção Nacional do Varejo e também Encontro Nacional das CDL´s Jovem, foi prestigiada pelos diretores da CDL Jovem de Campo Grande, Dendry Rios, Adriano Oliveira, Sullivan Vareiro e Marlon Farrel. A participação foi importante pois os jovens adquiriram conhecimento e puderam trocar experiências com líderes empresariais de todos os estados brasileiros.
Arrecadação de brinquedos – Para atender as crianças de Campo Grande, foi realizada a campanha “Criança Feliz CDL Jovem”, que com a ajuda de empresários, entidades e instituições de ensino, diversos brinquedos foram arrecadados mais de 700 brinquedos, entregues às crianças de bairros carentes e também Associação das Franciscanas Angelinas, que atende crianças soropositivo. A campanha contou ainda com a participação do Sindicato dos Policiais Federais de MS, OAB/MS, A Crítica, Sullivan Advogados Associados, Attech Tecnologia em Segurança da Informação, e o presidente da Câmara Municipal da Capital, Dr. Paulo Siufi.
Parceria – Mais uma ação da CDL Jovem desta vez com a Ordem dos Advogados do Brasil/MS, possibilitou a doação de brinquedos pedagógicos para a implantação de um projeto social dentro do Presídio Federal de Campo Grande. Representantes da CDL Jovem e OAB/MS foram recebidos pela chefe da Divisão de Reabilitação, Rafaella Sabino Tenório.
Universidade – Durante a Semana de Engenharia realizada pela Anhanguera-Uniderp, a CDL Jovem ofereceu aos acadêmicos uma palestra sobre mercado empresarial para instruir os futuros profissionais de como administrar e organizar o próprio negócio. A palestra foi proferida pelo vice-presidente Adriano Oliveira.
Capacitação – Pensando em atender os funcionários e colaboradores do comércio de Campo Grande, principalmente devido às vendas de natal, a CDL Jovem realizou no auditório da entidade, uma palestra de capacitação em “Atendimento ao Cliente”, com a psicóloga e palestrante motivacional Luciana Rondon. O treinamento rápido contou com a presença de 169 pessoas que puderam repensar melhor sobre a importância do cliente para qualquer negócio. Acompanhada de dois atores, Luciana Rondon desenvolveu uma palestra dinâmica, aprovada por todos os presentes. Apoiou o treinamento a Rede Comper de Supermercados (www.comper.com.br) e a psicóloga Luciana Rondon (www.lucianarondon.com.br)
Mérito Lojista – A CDL Jovem prestigiou o Prêmio Mérito Lojista 2010 [matéria nesta edição]. Durante o evento, o presidente Dendry Rios e o vice-presidente Adriano Oliveira entregaram uma homenagem ao presidente da CDL Campo Grande, Ricardo Kuninari, agradecendo a iniciativa de apoiar o trabalho dos jovens.
Reivindicações ao Poder Público – Diretores da CDL Jovem visitaram a Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul para cobrar mais ações que beneficiam o jovem empresário e prestador de serviço. Encabeçada pelo presidente Dendry Rios, a CDL Jovem entregou um documento aos deputados Maurício Picarelli e Marcio Fernandes, a título de propor projetos de Lei que possam atender as necessidades da classe.
Entre as propostas, está o apoio a criação da subsecretaria estadual do Jovem empresário dentro do Estado de MS.

PORTO VELHO: Jovens participam de Programa de Formação de Mecânicos

Uma parceria entre o Grupo Rovema e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) está proporcionando a 13 jovens, de 18 a 35 anos, oportunidade de formação no curso de auxiliar de mecânica em veículos pesados. A qualificação faz parte da Universidade Corporativa do Grupo Rovema, que busca atender a grande demanda por mão de obra qualificada na área.

De acordo com o supervisor da Universidade Corporativa, Marcelo Rocha, a parceria vem sendo muito positiva. “Estamos satisfeitos com o programa. Há muitos anos que o Grupo pensava em proporcionar essa qualificação, e agora estamos conseguindo. O apoio e atuação da diretoria do Grupo Rovema, através do Sr. Adélio Barofaldi foram fundamentais para esse fechamento com o Senai. A nossa intenção com esses futuros profissionais vai além de qualificar, criando também oportunidades para que eles façam parte do Grupo Rovema. Estamos dando a oportunidade para que eles aprendam uma profissão e ainda ingressem no mercado de trabalho através das empresas que fazem parte do Grupo” comentou.

Para a gestora da área de mecânica automotiva do Senai, Maria Batista, essa é a primeira de muitas outras parcerias com a Escola Senai. “O objetivo do Senai é justamente atender as indústrias. Parcerias como estas vêm de encontro com as necessidades do mercado. Estamos realizando um curso que realmente vai contribuir com o futuro desses jovens e ainda com o Estado de Rondônia”, ressaltou.

Formação

As aulas, teóricas e práticas são ministradas de segunda a sábado em horário integral na Escola Senai. Os participantes do programa recebem do Grupo Rovema: alimentação (lanches e almoço), uniformes, equipamentos de segurança (EPI), vale transporte e uma bolsa auxílio no valor de R$ 510,00.

Para a cursista, Débora de Almeida, o Programa de Formação de Mecânicos é uma oportunidade única. “Estamos tendo a chance de ter um futuro mais digno. Gosto muito das aulas, pois temos a teoria e a prática. Minha expectativa agora é ter um bom desempenho para conseguir entrar para o Grupo Rovema, ter um emprego e melhorar a minha qualidade de vida”, contou animada.

O jovem, Danilo Ramos tem 20 anos e também está esperançoso com o programa. “É uma grande oportunidade. Espero conseguir um emprego, ingressar numa faculdade, e claro crescer no grupo Rovema”, declarou.

O professor da turma, Onofre Guedes, elogiou a iniciativa da parceria, que trás perspectiva para os jovens. “Sempre digo a eles: Vocês estão tendo uma oportunidade única. Hoje em dia, nem todas as pessoas têm acesso à um curso técnico. Eles estão aprendendo uma profissão, recebem bolsa e ainda se fizerem por merecer terão oportunidade de emprego garantida. E isso é muito bom”, disse.

Oportunidades

A supervisora de recrutamento e seleção, Nicelle Ribeiro, informou que novas parcerias serão realizadas. “Essa primeira turma, do Programa de Formação, deixou todo o Grupo muito satisfeito. A desistência foi baixa, e esperamos suprir a nossa necessidade. Fizemos um processo seletivo que resultou em pessoas realmente interessadas no curso. Uma ajuda mútua, já que ganha o estudante que pode vir a ser um colaborador do grupo e a empresa, que contará com mão de obra especializada”, enfatizou.

O módulo teórico e prático na Escola Senai termina no dia 29 de dezembro. Haverá um curto recesso de fim de ano. E em seguida os cursistas participam de dois novos módulos. Um no Grupo Rovema (03 a 21 de janeiro) e outro específico na concessionária Scania (24 de janeiro a 04 de fevereiro). Após o encerramento do curso, os alunos que apresentarem maior desempenho serão empregados pelo Grupo Rovema.

Fonte: http://www.ariquemesonline.com.br

Bem Receber realiza primeiro treinamento da região do ABC

O Programa Bem Receber do São Paulo Convention & Visitors Bureau (SPCVB) realizou na última quinta-feira (09/12), seu primeiro treinamento com profissionais da região do ABC. A turma contou com 25 motoristas afiliados ao Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros por Fretamento do Estado de São Paulo (Sinfret), que receberam dicas e as informações sobre as melhores práticas para oferecer um atendimento de qualidade aos visitantes de São Paulo.

Fonte: http://www.mercadoeeventos.com.br

TRT-PR treina advogados para processo eletrônico

Os advogados do Paraná ganharão uma forcinha extra para lidar com o processo judicial eletrônico. A partir desta segunda-feira (13/12), oficinas de treinamento voltadas ao tema serão oferecidas pelo Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região. A corrida é para ajudar os profissionais a se adequarem às normas. Já em janeiro, todos os processos ajuizados na Justiça do Trabalho em Curitiba passarão a ser exclusivamente no formato digital. A expectativa é que, até meados de 2011, a mudança seja ampliada para todo o estado.

A oportunidade não é restrita aos advogados. Eles também poderão levar consigo estagiários e assistentes. Para as oficinas desta semana, que vão até quarta-feira (15/12), há vagas para três turmas de cerca de cem pessoas.

O juiz Bráulio Gusmão, gestor da implantação no TRT-PR, conta que os advogados podem ficar tranquilos com a implantação do novo modelo digital. Uma força-tarefa está sendo preparada para apoiar os profissionais nas Varas da Capital nas primeiras semanas do novo sistema. Os servidores também estão recebendo atenção especial. Os que já foram treinados estão sendo destacados para permanecer no Fórum, nos setores de protocolo e distribuição, para assessorar em tudo o que for necessário.

“O dia 7 de janeiro é uma data de corte, a partir de então não teremos mais processos trabalhistas em Curitiba fora do meio eletrônico, mas isso não significa um rompimento, e sim uma transição”, informa o juiz.

Os interessados no curso podem se inscrever pelo e-mail da Escola Judicial do tribunal, o escolajudicial@trt9.jus.br. As aulas começam às 17h30, no auditório da Escola Judicial (avenida Vicente Machado, número 400, Curitiba).

Fonte: http://www.conjur.com.br

Nuvem de tags