Facilitador e Instrutor. Palestrante, se preciso for…

Haverá aulas de línguas. Adicional pode chegar a R$ 100 a cada 15 horas

POR BEATRIZ SALOMÃO

Rio – Motoristas e cobradores da cidade do Rio terão um novo desafio a partir do dia 18: voltar à sala de aula. Rodoviários serão obrigados a passar por quatro cursos — que incluem idiomas e como tratar o passageiro —, com direito a reprovação para quem se sair mal nas provas. A boa notícia é que os profissionais serão dispensados para estudar ou ganharão hora extra, que pode chegar a R$ 100 por cada 15 horas de aula assistida.

A medida tornou-se obrigatória após a assinatura do contrato de concessão das linhas de ônibus da capital. O conteúdo será ministrado pela Universidade Corporativa do Transporte (UCT). Visando à Copa de 2014 e aos Jogos Olímpicos, motoristas farão um curso à distância, de quatro meses, de Inglês e Espanhol. As aulas, elaboradas em parceria com a PUC-Rio, serão transmitidas pela web TV da UCT.

Foto: Felipe O'Neill / Agência O Dia
Renato Lopes, 33 anos, motorista há 4, está animado com a perspectiva de aprender novas línguas | Foto: Felipe O’Neill / Agência O Dia

“Nos baseamos no vocabulário específico dos rodoviários e faremos simulação de diálogos com turistas”, explica a diretora da UCT Ana Rosa Bonilauri.

A carga horária de cada curso varia de oito a 15 horas, divididas em aulas de quatro ou oito horas. Principal reclamação dos usuários, o trato dos motoristas com beneficiários da gratuidade e deficientes físicos será o tema do módulos Relações Humanas. Idosos e estudantes serão o foco do curso. Estão incluídos ainda aulas de Direção Defensiva (menos para cobradores), que ensina a identificar panes mecânicas, fazer ultrapassagens seguras e até Primeiros Socorros.

Os ‘alunos’ terão que garantir sete nas provas para receber o certificado. No curso de idiomas, será aceita nota cinco. Motorista há 4 anos, Renato Rafael Lopes, 33, crê que a medida vai melhorar a qualidade do serviço. “Aprender novas línguas valoriza o currículo e ajuda na relação com turistas”, avalia.

Lições também aos sábados e domingos

O curso começa dia 18 e, na próxima semana, a UCT pretende divulgar a grade com horário e local das aulas. As empresas de ônibus ficarão responsáveis por inscrever os funcionários de acordo com a escala do motorista. Haverá aulas aos sábados e domingos.

Segundo Ana Rosa, a Fetranspor terá que prestar contas à Secretaria Municipal de Transportes em relação à frequência e à aprovação dos rodoviários. Quem for reprovado terá que refazer o curso até obter a aprovação. Eles receberão um certificado, mas não será obrigatório portar o documento. “Cursos anteriores feitos pelos motoristas poderão ser aproveitados”, explicou Ana Rosa.

Fonte: http://odia.terra.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: