Facilitador e Instrutor. Palestrante, se preciso for…

Arquivo para novembro, 2009

Pensando o futuro do setor sucroenergético

25/11/2009 – 13:06

O ex-diretor de Cana-de-Açúcar e Agroenergia do Ministério da Agricultura têm defendido a tese que os maiores problemas da cadeia produtiva sucroenergética se sustentam em três questões básicas.

O ex-diretor de Cana-de-Açúcar e Agroenergia do Ministério da Agricultura e hoje consultor da Conab, Ângelo Bressan Filho, têm defendido a tese que os maiores problemas da cadeia produtiva sucroenergética se sustentam em três questões básicas: a falta de visão de futuro, a falta de um centro de inteligência e a falta de uma competente interlocução das lideranças do setor junto aos vários níveis de governo.

Nas últimas semanas, uma série de más notícias, todas muito bem orquestradas chamou a atenção da opinião pública. Primeiro, um polêmico ministro (Carlos Minc, do Meio Ambiente) falou pelos cotovelos e anunciou ao mundo que os motores de veículos a etanol poluíam mais do que os a gasolina. A informação é falsa e não se sustenta.

Depois, outro ministro (Edison Lobão, de Minas e Energia) anunciou que o governo federal estudava a liberação de motores movidos a óleo diesel para automóveis. Todos sabemos que o diesel é altamente poluente e que o Brasil o importa pois nossa capacidade de produção é insuficiente para atender a demanda do mercado.

Tivemos também a poucos dias um colapso no sistema elétrico nacional, mostrando que o mesmo é frágil e inconfiável. Embora tenhamos uma participação cada vez maior das energias renováveis em nossa matriz energética, a bioeletricidade ainda não é vista como solução real para diminuir os riscos dos futuros apagões. Lamentavelmente apenas 20% das usinas sucroenergéticas (88 unidades de um total de 434) comercializam seus excedentes no mercado.

Como tem defendido Marcos Jank, presidente da União da indústria de Cana-de-Açúcar (Unica), a reserva potencial de bioeletricidade adormecida nos canaviais brasileiros é imensa. Se todas as usinas cogerassem energia a partir do bagaço de cana, teríamos nada menos do que 10.000 MW médios até a safra 2017/18, ou seja, uma usina do porte de Itaipu.

Somente no Estado de São Paulo, a reserva de cana permitiria exportar 4.800 MW médios para a rede em 2017/18, valor 20% superior ao hoje gerado em todo o complexo da Companhia Energética de São Paulo (Cesp).

Na visita que fez recentemente à sede do CeiseBr, o secretário de Produção e Agroenergia do Ministério da Agricultura, Manoel Bertone, contou como tem agido para segurar a redução da mistura do anidro à gasolina que já tinha sido determinada pelo governo. A medida reduziria o tamanho do mercado do etanol no momento em que os preços começam a se recuperar.

Ou seja, há muito o que fazer nas relações institucionais dos setores que compõem a cadeia produtiva sucroenergética (usinas, fornecedores de cana e indústrias de bens de capital, insumos, máquinas, equipamentos, serviços e tecnologia). Estamos trabalhando, em parceria com o prof. Alberto Borges Matias do INEPAD – Instituto de Ensino e Pesquisa em Administração na criação da Universidade Corporativa do Setor Sucroenergético.

Como também estamos desenvolvendo a criação de moderno centro de pesquisas contando com a parceria de instituições, dentre outras, como a UFSCar, USP,Instituto Federal, Fapesp, Sebrae, Sesi e Senai. Ambas as estruturas servirão para a discussão da visão de futuro e a criação de um centro de inteligência do setor. Não podemos mais ficar passivamente assistindo a sucessão dos factóides. Ao contrário, temos que entrar em campo para virar o jogo a favor dos interesses do nosso país!

Fonte: www.protefer.com

Anúncios

Bradesco oferece treinamento para funcionários das assessorias

A Bradesco Seguros está realizando um ciclo de treinamentos para os funcionários e inspetores das empresas associadas à Aconseg-RJ (Associação das Assessorias e Consultorias de Seguros do Rio de Janeiro). O foco está direcionado para três tipos de seguros: Residencial, Empresarial e Equipamentos.

A próxima etapa de treinamento será realizada na próxima terça-feira (24) e terá como tema central o ramo de Equipamentos.

A iniciativa visa a dar continuidade à parceria da seguradora com a Aconseg-RJ e ao estreitamento dos laços com as assessorias. “Nosso objetivo é também aumentar e difundir o conhecimento dos funcionários e inspetores das assessorias acerca dos nossos produtos”, afirma o superintendente de Produção de Massificados da sucursal Marechal Floriano-Rio de Janeiro da Bradesco Seguros, Guilherme Corrêa Abranches.

Segundo ele, a seguradora entende que, desse modo, esses produtos podem ser tornar mais atrativos para os consumidores e demais interessados em adquirir seguros e que ainda tenham alguma dúvida.

Os encontros estão acontecendo no auditório da Bradesco, que fica na Praça Pio X, 79, 12º andar, centro do Rio de Janeiro, das 8h30m às 13h.

Fonte: http://www.segs.com.br

Programa de treinamento gerencial abre inscrições para servidores alagoanos

Numa ação conjunta entre os Governos dos Estados de São Paulo e de Alagoas, a Fundação de Desenvolvimento Administrativo (Fundap) firmou uma parceria com a Secretaria de Estado do Planejamento e do Orçamento (Seplan) para a realização do Programa de Desenvolvimento Gerencial Semipresencial (PDGSP).

A proposta é apresentar o processo de produção das políticas públicas e seus desafios no contexto histórico e institucional, destacando a fase do planejamento, da perspectiva da gestão por resultados e dos seus instrumentos. O PDGSP tem como público alvo gerentes de todos os níveis de responsabilidade de órgãos da administração direta e autárquica.

O programa será desenvolvido por meio de videoconferências, atividades presenciais monitoradas e atividades em ambiente virtual de aprendizagem. Em Alagoas, o PDGSP será realizado na Universidade Estadual de Ciências da Saúde (Uncisal), nos dias 26 de novembro e 4, 11 e 18 de dezembro, das 9h às 15h30.

“Trata-se de mais uma oportunidade de capacitação dos nossos servidores, para que possam estar sempre aptos a acompanhar a modernização da gestão pública em todos os níveis, principalmente na área de gerenciamento de projetos”, destaca o secretário do Planejamento e do Orçamento, Sérgio Moreira.

O PDGSP é organizado em três módulos, e nesse primeiro, será abordado o tema “Dimensão Estratégica da Gestão Pública”, subdivido nas seguintes disciplinas: Ciclo de Gestão das Políticas Públicas; Planejamento das Ações Governamentais, com foco no Sistema de Planejamento e Orçamento e na Gestão de Programas. Para um melhor aproveitamento do conteúdo, a exigência é de que as turmas não ultrapassem o limite de trinta pessoas.

As inscrições são limitadas e podem ser feitas com Fátima Pires, Assessora Técnica da Seplan, por meio dos números: 3315-1502 / 8867-6494.

Fonte: http://www.alemtemporeal.com.br

 

EF Education First será a Provedora Oficial de Treinamento de Idiomas da Copa do Mundo de 2014 no Brasil

Englishtown da EF, uma tecnologia inovadora de aprendizado online, treinará 80.000 brasileiros ao ano para a copa de futebol

SÃO PAULO, 18 de novembro /PRNewswire/ — O futebol é considerado o jogo mais bonito do mundo. E a EF Education First (EF), a líder mundial em educação internacional, fará tudo para que para os ouvidos dos torcedores de futebol que forem ao Brasil para a Copa do Mundo de 2014, o inglês seja o idioma mais bonito do mundo.
A EF (http://www.ef.com) foi selecionada como Provedora Oficial de Treinamento de Idiomas da Copa do Mundo pela Olá, Turista!, uma parceria entre o Ministério do Turismo do Brasil e a Fundação Roberto Marinho, responsável pelo preparo das cidades hospedeiras da Copa do Mundo no Brasil. Com a tecnologia avançada de aprendizado online da EF, a Englishtown, as garçonetes e taxistas do país sul-americano aprenderão como dar as boas vindas e orientar os milhões de turistas que irão ao Brasil.

“Nos sentimos honrados de trabalhar com o Brasil neste projeto importante”, disse Peter Burman, Presidente da EF Corporate Language Training. “Usaremos nossa experiência como Fornecedor Oficial de Treinamento de Idiomas para as Olimpíadas de Pequim para proporcionar o melhor treinamento para o Brasil”.

Um projeto piloto teve início em agosto e o projeto maciço – até 80.000 brasileiros irão estudar no EF a cada ano até 2014 – será lançado em janeiro de 2010. O curso tem 15 níveis de lições de idiomas online, com vídeos inovadores, games de multimídia interativos, trabalho em laboratório de pronúncia que ensina inglês e espanhol. Os cursos Englishtown da EF podem ser acessados a qualquer hora, proporcionando uma experiência de aprendizado 24 horas por dia.

“A EF nos apresentou uma ferramenta altamente estruturada com uma metodologia consistente”, disse Nelson Santonieri, Gerente Geral de Tele-educação da Fundação Roberto Marinho. “Nos concentraremos nos estudantes para que eles finalizem o curso com sucesso”.

O impacto do trabalho massivo da EF para educar uma gama tão grande de trabalhadores de hospitalidade do Brasil irá além da Copa do Mundo. A ajuda aos iniciantes a aprenderem inglês e a instrução dos mais avançados a descreverem atrações históricas sem dúvida nenhuma impulsionará a infraestrutura da indústria de turismo. “O Brasil não tem o que chamamos de “segundo idioma”, disse Rogério Meireles da EF de São Paulo. “Este é o início da criação de uma nova estrutura voltada para os turistas daqui”.

Contato para perguntas da mídia:

Anna Esaki-Smith
Tel.: +852-2111-2370 / +852-6343-7952
Email: press@ef.com

FONTE EF Education First (EF)
18/11/2009
CONTATO: Anna Esaki-Smith, +852-2111-2370 ou +852-6343-7952, press@ef.com

Web site: http://www.ef.com

Profissionais de Saúde participam de treinamento sobre Atendimento Humanizado

A Prefeitura de Boa Vista iniciou mais um ciclo de capacitação dos profissionais de saúde para garantir a humanização do atendimento oferecido aos pacientes na rede municipal. Até sexta-feira, 22, 30 profissionais que trabalham nas Unidades Básicas de Saúde fazendo a recepção direta do paciente, participarão de um treinamento em Qualidade do Atendimento.

O encontro está sendo realizado das 8h às 12h, na sede da Emap (Escola Municipal de Administração Pública), que funciona na rua Major Manoel Correia, no. 942, bairro São Francisco. O objetivo é reforçar os conceitos da Humanização, melhorando o serviço que é oferecido à comunidade.
A coordenadora do Comitê Municipal de Humanização, Luciamara Araújo, explicou que o plano de Humanização é uma política do Governo Federal para fortalecer o processo de acolhimento ao paciente.

“Na maioria das vezes, quando o paciente busca pelos serviços de saúde, ele já vem por uma necessidade e quer soluções imediatas para o seu problema. Por isso, é muito importante que todos os profissionais que atuam nessa área estejam preparados para prestar o melhor atendimento ao paciente, fazendo o que hoje, o Ministério da Saúde considera como acolhimento”, destacou a coordenadora.

Segundo Lucimara, o acolhimento consiste em prestar toda a assistência de que o paciente precisa quando busca pela Unidade de Saúde. Também é importante respeitar as peculiaridades de cada paciente, trabalhando de formas diferentes de acordo com a faixa etária e até mesmo o gênero.
“A proposta do acolhimento é oferecer o atendimento que o paciente deseja. Isso é importante porque eleva os índices de satisfação em relação aos serviços que são oferecidos e também faz com que o paciente siga, com mais facilidade, as orientações médicas, necessárias para garantir a sua recuperação’, explicou a coordenadora.

Lucimara ressaltou que o processo de Humanização é amplo e complexo, porque envolve mudanças de comportamento, principalmente, dos profissionais de saúde que trabalham em contato direto com os pacientes.

“A Prefeitura de Boa Vista estabeleceu a Humanização como uma das metas a médio prazo, para fortalecer a rede de Atenção Básica. Mas cabe a cada instituição definir e direcionar as necessidades para garantir o seu processo de humanização. Por isso, também é importante o envolvimento de todos, incluindo a direção e gestores das Unidades de Saúde e seus demais profissionais, além de formuladores de políticas públicas e dos representantes dos conselhos profissionais e comunitários”, disse Lucimara.

Ainda este mês, a Prefeitura deve iniciar uma nova formação, atendendo aos demais profissionais da rede básica de saúde. Eles participarão de um treinamento mais específico sobre a Humanização e Acolhimento, conhecendo a proposta, experiências de sucesso e definindo metas para que este objetivo seja alcançado também em Boa Vista.

Fonte: www.bvnews.com.br

Corretores da Galvão participam de treinamento de vendas em Santa Catarina

Corretores da paranaense Galvão Planejamento Imobiliário e Vendas participam amanhã (17/11) de treinamento para comercialização da segunda fase do Nautilus Home Club, empreendimento da Rôgga S.A. em construção na Praia da Armação, no município de Penha (SC). Nesta nova etapa, serão lançadas mais três torres, totalizando 135 unidades com dois a quatro dormitórios.

 A área privativa dos apartamentos será a partir de 70,5 metros quadrados e a das coberturas a partir de 175,49 metros quadrados. Os imóveis com dois e três dormitórios terão uma vaga de garagem, com possibilidade de aquisição de mais um box. Os apartamentos de quatro dormitórios e as coberturas terão opção de duas vagas de garagem, coberta e descoberta.

O condomínio também terá mais de 30 opções de itens de lazer, entre eles piscinas, bar molhado, deck molhado, sala de jogos, espaço gourmet, salão de festas, fitness, pista de caminhada e espaço kids. A entrega da segunda fase está prevista para junho de 2012 e o Volume Geral de Vendas (VGV) desta etapa é de R$ 33 milhões.

Fonte: contato@memilia.com

Brasil promove treinamento em produção de etanol para estrangeiros

Mais de 60 técnicos da África, América, Ásia e Oceania participam da 2ª Semana do Etanol
15/11/09 às 16:29 |  Redação Bem Paraná com Ministério da Agricultura
Representantes de mais de 20 países da África, América, Ásia e Oceania conhecerão a experiência brasileira na produção sustentável de etanol a partir da cana-de-açúcar, na 2ª Semana do Etanol: compartilhando a experiência brasileira. O curso, promovido pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), é a segunda edição do programa de treinamento oferecido a representantes do governo, entidades privadas e empresários de regiões em desenvolvimento no setor sucroenergético.

Serviço

2ª Semana do Etanol: compartilhando a experiência brasileira

Data: 16 a 20.11.2009 (segunda a sexta-feira)

Hora: 8h30 às 18 horas

Local: Hotel Araucária Plaza – Rua João Penteado, 2103, Jardim América –

Ribeirão Preto/SP

Assessora de Imprensa: Laila Muniz (61) 9951-6477

Nuvem de tags